CÓDIGO DE ÉTICA NSMBA –

NEUROMARKETING SCIENCE AND BUSINESS ASSOCIATION

Aprovado 31 de outubro de 2012

O Código de Ética NMSBA para a Aplicação de Neurociências de Negócios

A adoção deste código é uma condição de adesão ao NSMBA. O código pode ser revisto de tempos em tempos para garantir que ele reflita adequadamente os mais elevados padrões éticos para a indústria de pesquisa de neuromarketing.

DEFINIÇÕES

  1. Pesquisa Neuromarketing é uma coleta sistemática e interpretação de insights neurológicos e neurofisiológicos sobre indivíduos, utilizando diferentes protocolos permitindo os pesquisadores explorarem as respostas não-verbais e fisiológicas sobre vários estímulos.
  1. Pesquisador de Neuromarketing é definido como qualquer indivíduo ou organização que esteja conduzindo ou agindo como um consultor em Neuromarketing, em um projeto de pesquisa de Neuromarketing, incluindo aqueles que trabalham em organizações que compram serviços de uma empresa de pesquisa de neuromarketing.
  1. Cliente de Neuromarketing  é definido como qualquer indivíduo ou organização que requisita, compra ou patrocina  um projeto de pesquisa Neuromarketing.
  1. Participantes de Pesquisa de Neuromarketing  é definido como qualquer indivíduo ou  organização dos quais seus insights são coletados por meio de métodos neurocientíficos.
  1. Estudo de Neuromarketing é definido como uma sessão com um participante durante o qual os insights de Neuromarketing são recolhidos
  1. Imagem funcional do cérebro é definido como uma técnica que permite a visualização in vivo da distribuição da atividade cerebral.

ARTIGO 1: Princípios Básicos

  1. Pesquisadores de neuromarketing devem cumprir os mais altos padrões de pesquisa aplicadas em seus respectivos países e utilizar princípios científicos aceitos.
  2. Pesquisadores de neuromarketing não devem agir de qualquer forma a impactar negativamente na reputação e na integridade da profissão de pesquisa de Neuromarketing.
  3. Os resultados de Neuromarketing deverão ser entregues aos clientes sem deturpações de insights e daquilo que é cientificamente aceito.

ARTIGO 2: INTEGRIDADE

  1. Pesquisadores de Neuromarketing  devem tomar todas as precauções razoáveis para garantir que os participantes não sejam de modo algum machucados, prejudicados ou estressados como resultado de sua participação em um projeto de pesquisa Neuromarketing
  2. Pesquisadores de neuromarketing não deverão enganar os participantes ou explorar sua falta de conhecimento da neurociência
  3. Nenhuma oferta de venda deve ser feita para um participante, como resultado direto de sua participação em um projeto.
  4. Pesquisadores de neuromarketing deverão ser honestos sobre suas habilidades e experiência.

ARTIGO 3: CREDIBILIDADE

  1. Pesquisadores de neuromarketing não deverão denegrir publicamente o trabalho de outros pesquisadores Neuromarketing.
  2. Preocupações ou críticas sobre projetos de neuromarketing publicamente conhecidos  deverão ser primeiramente apresentados a atenção do NSMBA antes de serem amplamente compartilhados.
  3. Pesquisadores de Neuromarketing  envolvidos em imagem funcional cerebral  devem divulgar um protocolo para lidar com descobertas incidentais.

ARTIGO 4: TRANSPARÊNCIA

  1. A participação em um projeto de pesquisa Neuromarketing deverá sempre ser  inteiramente voluntária
  2. Pesquisadores de neuromarketing deverão manter um site público descrevendo os seus serviços e as credenciais de seus membros da equipe do núcleo, bem como postar um endereço físico onde funcionários da empresa possam ser contatado.
  3. Pesquisadores de Neuromarketing deverão permitir  seus clientes auditar o processo pelo qual as idéias são coletadas e processadas.
  4. Pesquisadores de Neuromarketing deverão garantir que os projetos de pesquisa Neuromarketing sejam criados, entregues e documentados com transparência e reportados com  detalhes quando os clientes acharem necessário para compreender a relevância do projeto.

ARTIGO 5: CONSENTIMENTO

  1. Pesquisadores de Neuromarketing deverão explicar sobre as ferramentas que eles usam para os participantes em termos leigos.
  2. Antes de fornecer o consentimento, os participantes da pesquisa de Neuromarketing deverão manifestar explicitamente a sua compreensão dos protocolos, bem como os objetivos gerais do estudo.
  3. Os participantes deverão ser plenamente informados sobre o projeto antes que qualquer técnica de Neuromarketing possa ser usada para recolher os seus insights.

ARTIGO 6: PRIVACIDADE

  1. Pesquisadores de neuromarketing deverão assegurar que os participantes estejam cientes do propósito de coletar insights.
  2. Pesquisadores de neuromarketing devem ter uma política de privacidade que de fácil entendimento para os participantes que estão sendo coletados os insights.
  3. A identidade dos participantes não será revelada para o cliente sem consentimento explícito.
  4. As informações pessoais coletadas serão recolhidas para fins de pesquisa de Neuromarketing especificadas e não utilizados para qualquer outra finalidade.
  5. Insights não poderão ser mantidos mais tempo do que é requirido para o objetivo do projeto neuromarketing.
  6. Pesquisadores de neuromarketing deverão assegurar que as medidas de segurança adequadas serão usadas para proteger o acesso aos insights obtidos durante todo o projeto.
  7. Os próprios dados de pesquisa Neuromarketing, incluindo exames cerebrais e dados cerebrais continuarão a ser propriedade da empresa de pesquisa e não serão compartilhadas.

ARTIGO 7 : DIREITOS DO PARTICIPANTE

  1. Os participantes de qualquer projeto de pesquisa neuromarketing deverão confirmar que eles não são obrigados a participar do projeto.
  2. Participantes de qualquer projeto de pesquisa neuromarketing poderão  retirar-se da pesquisa a qualquer momento.
  3. Será garantido a qualquer participante de qualquer projeto de pesquisa de neuromarketing  que seus dados pessoais não sejam  disponibilizadas a terceiros.
  4. Será garantido a qualquer participante de qualquer projeto de pesquisa neuromarketing que os insights serão apagados, mediante solicitação.
  5. Deve-se ter cuidado especial para manter os direitos de proteção de dados dos participantes quando os dados pessoais são transferidos de país e que serão recolhidos em outro país. Quando o processamento de dados é realizado em outro país, os princípios de protecção de dados deste Código deverá ser respeitado.

ARTIGO 8: CRIANÇAS E JOVENS

Estudos de Neuromarketing envolvendo  participantes com menos de 18 anos de idade só poderão realizar-se com o consentimento informado dos pais dos participantes.

ARTIGO 9: A SUBCONTRATAÇÃO

Pesquisadores de neuromarketing deverão divulgar, antes do início dos trabalhos, quando qualquer parte do projeto for subcontratado fora da própria organização dos pesquisadores neuromarketing (incluindo o uso de quaisquer consultores externos).

ARTIGO 10: PUBLICAÇÃO

Quando os resultados de um projeto são compartilhados publicamente, os pesquisadores de neuromarketing deverão articular claramente qual parte do relatório representa interpretação de dados vs qual parte dos dados representam as principais conclusões. Pesquisadores de neuromarketing não deverão associar seus nomes a um projeto de pesquisa Neuromarketing a menos que tenham participado ativamente do projeto sendo capazes de defender as descobertas.

ARTIGO 11: COMPROMISSO

Pesquisadores de neuromarketing deverão se comprometer em aplicar  este código e garantir que seus próprios clientes cumpram os equerimentos. Não fazer isso resultará no cancelamento de sua filiação no NMSBA.

ARTIGO 12: EXECUÇÃO

  1. Pesquisadores de Neuromarketing e seus clientes devem reconhecer que eles conhecem o código e também respeitar as outras diretrizes de auto-regulação que são relevantes para uma determinada região ou projeto. O Código é aplicável para todos os envolvidos em um projeto de Neuromarketing.
  2. Os membros do NMSBA devem mostrar sua aceitação do código, ao publicar o código em seu site ou através da publicação de um link towww.nmsba.com / ética
  3. Uma vez iniciado um estudo Neuromarketing,  os participantes são livres para se retirar.